Aikido de Morihei Ueshiba – Histórico – Origem da Arte Marcial

Aikido é uma arte marcial praticada anteriormente como Aiki bujutsu” depois passou para o nome de “Aiki Budô” em 30 de abril de 1940 (pois foi uma ramificação do Koryu e Budô Gendai). O Ministério da Saúde e Bem-Estar licenciava o Aikido sob o nome da “Fundação Kobukai”. Em 1942, “Aiki Budo” teve sua última mudança de nome e finalmente se tornou “Aikido” como é conhecido hoje. O BDN ESPORTES convida você a conhecer a história e as curiosidades sobre o idealizador e fundador deste estilo, Morihei Ueshiba.

Aikido de Morihei Ueshiba – Histórico – Origem da Arte Marcial.

Vamos conhecer a fase que levou ao surgimento de tantas modalidades de artes marcais, incluindo o Aikido. As artes marciais japonesas se dividem em Koryu e Budô Gendai. (o Koryu e Budô Gendai – este estilo ramificado, não seria ético dizer que é original do Japão e sim que foi registrado fatos de sua existência em maior quantidade no Japão).

Ko-ryū (old 流, “estilo antigo”) termo japonês para artes marciais japonesas que antecede a Meiji Ishin (Restauração Meiji) (1868). O termo é sinônimo de Kobudô (mart 武 道, antigas artes marciais).

Budô Gendai ” é  as artes marciais japonesas modernas”, criadas durante o final ou após o Meiji Ishin  (Restauração Meiji) (1866-1869), quando ocorreu o fim do Xogunato (Shogunato) Tokugawa.

Séculos de guerra feudal no Japão e o desejo de aperfeiçoar as habilidades para a guerra, levaram à criação das escolas tradicionais (castas japonesas) e não “tradicionais”(de famílias não militares ou não Samurai) das artes marciais japonesas.
Nome japonês
Kanji 流 流 (Koryū) ou
K 武 道 (Kobudō)
Hiragana こ り ゅ う

Entre as que fazem parte do Budô Gendai estão algumas bem conhecidas, como: Aikido, Judô, Jukendo, Iaido, Karate-do, Kendo, Kyudo, Naguinata-do e o Shorinji Kempo. A lista de artes marciais originadas das tradições Budô Gendai é bastante extensa e algumas delas remontam a períodos muito mais antigos, como: o Sumô e o Ninjutsu.

Fatos Históricos

Origem do Karatê - Caverna de Meditação de Bodhidharma
Caverna de Meditação de Bodhidharma
Origem do Karatê - Estauta de Bodhidharma no Templo Shaolin
Estauta de Bodhidharma no Templo Shaolin

Ensinamentos do Oriente e Ocidente deram origem as artes marcais praticadas atualmente em todo o mundo, como: o Wushu (popularmente conhecido no ocidente como Kung-Fu), o Taekwondo, a Esgrima, o Arqueirismo (tiro com arco), o Hipismo, o Boxe, o Savate, o Judô, o Karatê, a Luta Olímpica (a luta greco-romana, luta livre olímpica) e Ninjutsu etc. Nas modalidades de cunho mais esportivo, (esporte de contato) há um único direcionamento para as competições.

No Japão, usa-se as técnicas da ramificação Budô. A versão mais conhecida da arte marcial no oriente, tenha como foco principal Bodhidharma. Monge indiano que em viagem à China, orientou os monges chineses na prática do Yoga e nos procedimentos da arte técnica de fortalecimento físico e mental indiana. Acarretando na criação de estilos próprios, pelos monges de Shaolin. Estudo das dinastias Shang em 1122 a.C. Durante o período Chou. O período de 770-481 a.c. foi chamado de Era da Primavera e do Outono. Durante esta época, o Kung Fu foi chamado de Ch’uan Yung e a arte começou a florescer. Veja mais Artes Marcias Matriz e Ramificações

Entendendo a origem da ramificação da artes marcial de Okinawa

Origem do Karatê - Okinawa

Geografia  de Okinawa (em japonês: 沖縄県; em uchinaaguchi: Uchinā) é a prefeitura mais ao sul do Japão. Consiste em 169 ilhas que formam o arquipélago Ryukyu, numa cadeia de ilhas de 1000 quilômetros de comprimento, que se estende de sudoeste, de Kyushu até Taiwan. Ainda que as ilhas mais ao norte façam parte da prefeitura de Kagoshima,  a capital de Naha – Okinawa, está localizada na parte meridional da maior e mais povoada ilha do arquipélago. A distância entre Okinawa e a ilha principal não é apenas geográfica, mas também cultural e linguística.

 

Antes de se tornar uma província japonesa durante a Era Meiji em 1879, Okinawa era conhecida como reino independente de Ryukyu.

Origem do Karatê - Retrato do Imperador Meiji en 1873, de Uchida Kuichi.
Retrato do Imperador Meiji en 1873, de Uchida Kuichi.
Origem do Karatê - Rei Sho Tai RyuKyuuan Kingdom - foto: Naha City
Rei Sho Tai RyuKyuuan Kingdom – foto: Naha City

A partir dessa anexação nada amigável, as tensões entre a ilha principal e Okinawa começaram a se acentuar. A visão japonesa sobre nacionalidade é bastante ultrapassada e assim como acontece com os dekasseguis (descendentes de japoneses que voltam ao país para encontrar trabalho), os okinawanos são vistos como inferiores em relação à etnia e cultura pelos japoneses “puros”. Os próprios okinawanos não se identificam com os naichis — termo utilizado durante o Império Japonês para diferenciar a ilha principal de suas colônias.

Com a rendição japonesa na Segunda Guerra Mundial, o imperador Hirohito cede Okinawa para os Estados Unidos. De 1945 a 1972 Okinawa fica sob o domínio dos Estados Unidos e a ilha é rebatizada como Ryukyu-US.

Devido à sua posição estratégica – entre o Japão, China, Coreia, Indonésia e Polinésia – se tornou um importante entreposto comercial.

Resumo Histórico

Origem do Karatê - Primeiro monarca do Reino de Ryukyu - Sho Hashi
Primeiro monarca do Reino de Ryukyu – Sho Hashi

Sho Hashi (尚巴志, Shō Hashi) foi o primeiro monarca do Reino de Ryukyu, que unificou os três reinos (Chuzan, Hokuzan e Nanzan) que à época disputavam o controle sobre o arquipélago de Okinawa. Após a unificação das coroas, a capital passou a ser Shuri, onde se localiza ainda o importante castelo homônimo. Desde a anexação, a região tornou-se a Província de Okinawa, com capital em Naha, após, o banimento da família real para Tóquio e consequente finalização dessa linha real.

Origem do Karatê - Xogunato Togugawa (Tokugawa Ieyasu) - Museu Japonês de Ukiyo-e.
Xogunato Togugawa (Tokugawa Ieyasu) – Museu Japonês de Ukiyo-e.

O Reino de Ryukyu ou Reino das Léquias (Japonês :琉球王国 Ryūkyū Ōkoku; Okinawano: 琉球國 Ruuchuu-kuku; Chinês tradicional: 琉球國; Chinês simplificado: 琉球国) foi um reino independente que ocupou grande parte das Ilhas Ryukyu do século XV ao século XIX. Os reis de Ryukyu unificaram a Ilha de Okinawa e estenderam o reino das Ilhas Amami até as Ilhas Sakishima, perto de Taiwan. Apesar de relativamente pequeno, o reino era centro de uma rede de comércio marítimo entre a Ásia oriental e o Sudeste Asiático

 

 

 

Origem do Karatê - Tokugawa Yoshinobu último shogun
Tokugawa Yoshinobu Último Shogun

Clã Minamoto – muitas famílias de samurais pertencem a esta linha de parentesco e usaram o nome do Clã Minamoto em registros oficiais, incluindo o Clã Ashikaga, o Clã Hatakeyama, o Clã Hosokawa, o Clã Imagawa, o Clã Mori, o Clã Nanbu, o Clã Nitta, o Clã Ogasawara, o Clã Satake, o Clã Satomi, o Clã Shiba, o Clã Takeda, o Clã Toki, entre outros. Os clãs o Shimazu e Tokugawa também alegaram serem descendentes desta linha. Um grupo de santuários xintoístas ligados intimamente ao Clã é conhecido como Os Três Santuários Genji (源氏三神社, , Genji San Jinja).

 

 

Origem do Karatê - Nakano Takeko
Nakano Takeko é a última mulher samurai que lutou na história do Japão ao defender o shogunato, filha do oficial de Izu, general Nakano Genai.

No governo Meiji no dia 28 de março de 1876, fez um decreto chamado 廃刀令 Haitôrei, eram normas para abolir os privilégios tradicionais da classe Samurai. Proibi as pessoas, com a exceção dos senhores anteriores ao (大名Daimyo), o exército e funcionários de execução da lei. Outros se carregarem armas em público e violando o Haitôrei, teriam as suas espadas e armas confiscadas.

Durante o Edo Jidai (período Edo), comandado pelos 将軍 Shogun da família Tokugawa de 1603 a 1868, o Japão permaneceu violentamente impotente no domínio dos Samurai. Muitos foram os fatores dessa desordem, como dificuldades da política nacional e internacional, crises domésticas sérias na sucessão do XIII Shogun no 幕府 Bafuku, entre outros. A chegada em julho de 1853 à baía de Edo, no porto de 浦賀Uragauma, de uma esquadra dos Estados Unidos, formada de quatro navios, comandada pelo Comodoro Matthew Calbraith Perry.  Exigia a abertura dos portos japoneses ao comércio e navegação estrangeira.

Apesar de apenas quatro navios, os japoneses os temeram e os batizaram de 黒船 Kurobune (Navios negros), que impressionava pelo seu poder bélico e modernos equipamentos. Iniciando assim uma cadeia de eventos que levariam ao fim do 江戸幕府 Edo Bakufu (Shogunato) no Japão.

O primeiro Haitôrei de 1870, proibiam os fazendeiros ou comerciantes de portar espadas e se vestir como Samurai. Esta medida era em parte, um esforço para restabelecer segurança pública, por ordem imediata, durante a restauração Meiji e da Guerra de 戊辰Boshin (guerra civil, travada de 1868 a 1869 entre forças do governo do Shogunato Tokugawa e aqueles que favoreciam a restauração do Imperador Meiji).

Origem do Karatê - Haitôrei de 1870 -Museu Japonês de Ukiyo-e.
Haitôrei de 1870 -Museu Japonês de Ukiyo-e.

Em 1871, o governo emitiu o vergonhoso Édito de 断髪令 Danpatsurei, que constrangia o Samurai a cortar o 髻 Tabusa (rabo de cavalo) e usar o cabelo da maneira Ocidental. Conscrição militar universal foi instituída em 1873 e com a criação do Exército japonês Imperial. O Samurai perdeu o seu monopólio em serviço militar, os estipêndios hereditários providos ao Samurai pelos senhores feudais (e assumido pelo governo central em 1871), foi abolido igualmente em 1873. A proibição das espadas era controversa na oligarquia de Meiji, mas os argumentos exposto para tal feito, não era de acordo com os costumes do Japão.

Estas mudanças na sociedade japonesa e na econômico dos guerreiros Samurai, causou o descontentamento no inicio do período Meiji. Conduziu a várias rebeliões conduzidas por Samurai, particularmente no Japão ocidental e 九州 Kyûshû. No entanto, essa decadência da classe Samurai já vinha antes da Era Meiji, com essa realidade dura da classe, muitos deles se associaram aos 町人Chônin (comerciantes), em geral eram Samurai de classe inferior, que confeccionavam artesanatos destinados a seu estipêndio, já insuficiente para viver. Assim, os Samurais que desprezava os comerciantes e os via como classe inferior, agora estava submetido e dependente deles.

Origem do Karatê - Rendição de Satsuma (rebeldes - Meiji restauração) Samurai e Bushido - (Uma rebelião de 1877 pelo samurai de Satsuma, protestando contra a rápida ocidentalização do Japão, foi rapidamente esmagada e milhares de rebeldes foram executados). Museu Japonês de Ukiyo-e.
Rendição de Satsuma (rebeldes – Meiji restauração) Samurai e Bushido – (Uma rebelião de 1877 pelo samurai de Satsuma, protestando contra a rápida ocidentalização do Japão, foi rapidamente esmagada e milhares de rebeldes foram executados). Museu Japonês de Ukiyo-e.

Foi nesse mesmo período que o status de Samurai se tornou negociável, com a evolução da economia monetária, ricos comerciantes adquiriam o título de 武士 Bushi mediante o 献金 Kenkin (contribuição, doação) em dinheiro ao senhor do Feudo, conseguindo assim o direito de usar 苗字帯刀 Myôji Taitô (sobrenome e Katana).

Origem do Karatê - Memorial de 1879, sobre a vinda do ex-presidente dos Estados Unidos, Ulysses S. Grant ao Japão
Memorial de 1879, sobre a vinda do ex-presidente dos Estados Unidos, Ulysses S. Grant ao Japão

A sociedade japonesa, possuindo uma classe guerreira, conhecedora das técnicas de combates com e sem armas, por tradição das famílias e/ou por clãs, os chamados koryu, eram transmitidos somente internamente, entre seus descendentes ou de mestres para discípulo. Essa peculiaridade, de existir uma classe nobre guerreira, sucedida da China e Japão. Fez que houvesse muitas ramificações do estilo marcial praticado tanto em Okinawa, quanto nas ilhas vizinhas, que se desenvolveu precipitadamente nas camadas mais pobres da população.

Origem do Karatê - Ōmiya Inn "Heróis da Restauração Meiji"
Ōmiya Inn “Heróis da Restauração Meiji”

Estes, sobreviviam da atividade agrícola e de pesca. Em 1879, o governo Meiji do Japão anunciou uma anexação formal das ilhas, que na época estava “vazia” durante o balanço do século XVI. A China se opôs e o ex-presidente dos Estados Unidos, Ulysses S. Grant foi chamado para intermediar. Ele decidiu favoravelmente ao Japão.

Origem do Karatê - Huang-Taiji foi o primeiro imperador Dinastia Manchu, tendo reinado de 1625 a 1644.
Huang-Taiji foi o primeiro imperador Dinastia Manchu, tendo reinado de 1625 a 1644.

Historiadores afirmam que os habitantes originais de Okinawa eram predominantemente Jomon (etnia japonesa). Okinawa nos últimos séculos tinha uma cultura distinta (vestes folclóricas e danças folclóricas) que foi influenciada pela Dinastia chinesa.

Havia um pequeno preconceito entre os moradores de Okinawa com o Japão, devido às diferenças culturais. Como na época Okinawa, recebia muitos moradores devido a sua rota de comercio, fica difícil definir uma origem certa, mas podemos supor que a predominância local é resultados dos países vizinhos e soberanos da época: China e Japão e demais impérios que podiam navegar até lá.

Antes das influências tanto Japonesas quanto Chinesas, já existia uma espécie de luta desarmada e nativa de Okinawa, que era praticada abertamente, chamada de Mutô, cujo embate começava com empurrões muito parecidos com os de Sumô, depois, seguindo-se com aplicação de golpes de arremesso e torção. Vencia aquele que derrubasse ou submetesse o adversário. Era uma prática cujo fito era recreativo, mas segundo alguns autores e mestres, teria sido a semente do para Karatê, que foi então moldado e modificado sob a influências do boxe sino-meridional.

O início da ramificação – Kobudô de Okinawa ou Kobu-jitsu,

Okinawa tem uma longa história de artes de armas. A história do Kobudô de Okinawa ou Kobu-jitsu, como a de outras artes marciais, foi passada pela tradição oral. A tradição oral de Ryukyu Kobudô remonta ao século XIII. O registro escrito das artes marciais de Okinawa começou quando o clã Satsuma do Japão, ocupou Okinawa em 1609.

Origem do Karatê - Este grupo de samurais são dos dois filhos do daimyo de Satsuma
Este grupo de samurais são dos dois filhos do daimyo de Satsuma

Foi assim que nasceu o “To -Di”, ou To-de (em japonês), uma forma de luta local, que influenciada por culturais externas, evolui para uma forma de combate que mais tarde serviria para proteger não somente a classe menos desfavorecida , como também a classe aristocrata e até mesmo a família real.

36 famílias chinesas oriundas da província de Fujian (China), foram enviadas pelo Imperador Chinês Ming (Dinastia Ming 1368–1644), entre os enviados haviam políticos, funcionários e militares. Tudo isso contribuiu para o surgimento do To-Di,  periodicamente juncos chineses (enormes embarcações) eram mandados para o arquipélago para manter sempre os laços estreitos entre ambos e para receber os tributos que Ryukyu pagava à China.

Ao longo dos séculos, Okinawa Kobudô tornou-se uma arte marcial que se tornou popular em todo o mundo.

Havia muitos mestres famosos de Kobudô. De Okinawa e da ilha de Hama-Higa (conhecida por Kobudô) vêm muitos mestres famosos: Yamaken Chinen, Shikiya Chinen, Masu Higa(Matsu Higa), Aburaya Yamaki, Yabiku Moden e Taira Shinken. Taira Shinken (1902-1970) foi aluno de Yabiku Moden e tornou-se conhecido como provavelmente o mais famoso dos mestres de Kobudo. Shinken viajou para o Japão durante os anos 1940-1950 ensinando Kobudô.

Origem do Karatê - Sakugawa aparentemente como um homem velho
Sakugawa aparentemente como um homem velho

Em meados do século XVII, conhecia-se em Okinawa, um estilo marcial sem armas já enraizado entre a população, sendo conhecida por “tê” (手 ou ティー, em japonês: te, em Okinawa: ti). Também é referida como mão de Okinawa (沖縄手, em japonês: Okinawa-te, em Okinawa: Uchinaadi), quando surge a figura de Matsu Higa, renomado mestre de te e Kobudô e também em Chuan Fa, que teria aprendido com mestres chineses. Mas já nesse tempo, a arte marcial já vinha evoluindo em três formas distintas nas três cidades que as nomearam, Naha-te, Tomari-te e Shuri-te.

Muitas dessas visitas serviram para o intercâmbio de estratégias e técnicas militares, como por exemplo o próprio Kata, segundo os relatos históricos, Kushanku era um mestre de Wushu (武術 -arte da guerra) e militar. Em uma apresentação de Wushu, os mestres de To-Di desenvolveram uma técnica de  kata, baseado nos movimentos demostrados pelo mestre Kushanku e foi nomeado com seu nome em sua homenagem.

Ainda no século XVII, o te sofria fortes influências desde a China. Sensei Sakukawa, por sugestão de Peichin Takahara, foi aprender com o chinês Kushanku — mestre de chuan fa —  depois, diretamente no continente. Tais características não passaram despercebidas e calharam em que a arte marcial passou a se chamar Tode ou Todi (唐手 ou トゥデ, mão chinesa), ou ainda Toshukuken (徒手空拳) e Toshu-jitsu (徒手術).

Aburaya Yamaki e Matsu Higa foram os primeiros a estabelecer uma abordagem sistematizada de Kata, Matsu Higa era o Sensei de Takahara Peichin que ensinou Karate Sakugawa (1733-1815).

Historiadores concordam que Okinawa foi o canal de onde começou a pratica da ramificada do Kobutô.

Período Senkogu – Minamoto no Yoshiie

Imediatamente antes do período Sengoku, Takeda ajudou a reprimir a rebelião de Uesugi Zenshu (1416-1417). Uesugi Zenshu (? – 1417) foi o principal assessor Kanrei para Ashikaga Mochizuki, um inimigo do xogunato Ashikaga Central e de Kanto Kubo governador-geral da região de Kanto. Mochizuki, chefe do clã Uesugi, fez uma represália contra o clã Takeda em 1415. Este represália começou uma rivalidade entre os clãs Uesugi e Takeda, que duraria cerca de 150 anos, até a destruição do clã Takeda no final do período Sengoku.

Takeda Shingen
Foi um lendário daimyo que procurou o controle do japão,na fase tardia do Sengoku.De nome Takeda Katsuchiyo, teve seu nome trocado para Takeda Harunobu com autorização do xogun Ashikaga Yoshiharu,em 1559 mudou novamente para Takeda Shingen. Shingen esteve envolvido na Batalha de Kawanakajima. Takeda Shingen morreu doente em seu acampamento.

Batalha de Kawanakajima em 1561

Shingen Takeda 
Vergonha para o clã por uma ação mau elaborada do Katsuyori Takeda, 4º filho de Shingen Takeda, querendo manter o legado do pai, avançou com suas tropas para Mikawa, mas, teve a lendária cavalaria do clã massacrada por Nobunaga Oda e Ieyasu Tokugawa  na Batalha de Nagashino (A Batalha de Nagashino é um dos mais famosos combates do Período Sengoku. Teve lugar em 28 de junho de 1575, a oeste do castelo de Nagashino, na província de Mikawa). Katsuyori cometeu suicídio depois da batalha e o Clã nunca mais se recuperou.

A lendária cavalaria
A cavalaria do clã era lendária, muitos falavam que apenas os deuses derrotariam a cavalaria, mas, essa fama sumiu quando foi derrotada por Nobunaga Oda e Ieyasu Tokugawa  na Batalha de Nagashino.

Clã Takeda  – Sōkaku Takeda  (10 de outubro de 1859 – 25 de abril de 1943) era conhecido como o fundador de uma escola de jujutsu conhecida como Daitō-ryū Aiki-jūjutsu.

Familia Takeda

Sōkaku Takeda nascido no domínio Aizu (Prefeitura de Fukushima), cresceu no tempo da Guerra Boshin. Era o segundo filho de Sōkichi Takeda , um samurai do clã Takeda que trabalhou em sua fazenda e ensinou em uma escola local em um templo budista.

Sua mãe, Tomi Kurokochi, era filha de Dengoro Kurokochi, um mestre de Yari e Kenjutsu. Acredita-se que Sōkaku Takeda recebeu seu primeiro treinamento de artes marciais de seu pai, que tinha um dojo em sua propriedade. Aparentemente especialista no uso da: espada, lança, lutador de Sumô do posto Ozeki (posto mais alto no Sumô). Acredita-se que Sōkaku foi exposto aos ensinamentos de Hōzōin-ryū Takada-ha e Ono-ha Ittō-ryū, escolas de lanças e esgrima respectivamente.

Takeda Sōkaku

Sōkaku Takeda, então partiu para um período de treinamento austero, lutou em suas viajem, nas escolas de muitos professores de artes marciais, essa era uma prática não incomum da época. Supostamente, Sōkaku passou algum tempo como um estudante de Kenkichi Sakakibara, diretor do Jikishinkage-ryū e considerado um dos mais famosos e habilidosos espadachins da era. Infelizmente não existem documentos históricos conhecidos para confirmar esta relação e por isso é uma questão de debate. O que se sabe, no entanto, é que Sōkaku Takeda se envolveu em muitos jogos e duelos  com lâminas vivas (samurai) e foi considerado um espadachim de grande habilidade em um período de tempo em que tais coisas estavam começando a ser esquecidas.

Com a proibição da classe samurai e a proibição do uso de espadas (decreto do Haitōrei), aparentemente Sokaku decidiu enfatizar as técnicas de arte de seus ancestrais, de mãos vazias, orientadas para o jujutsu.  Estes aparentemente eram ‘oshiki-uchi’, ou ensinamentos secretos do clã Aizu, até aquele ponto. Estes, juntamente com outras habilidades que ele adquiriu, foram combinados para criar uma arte que ele batizou primeiro ‘Daitō-ryū jūjutsu’ e depois ‘Daitō-ryū Aiki-jūjutsu’.

Por volta de 1875, chegaram rumores de Sōkaku de que Saigō Takamori havia lançado sua rebelião em Satsuma contra as forças do novo governo Meiji. Ele decidiu imediatamente que iria dar seu apoio. Ele chegou até Kyushu, mas foi incapaz de chegar ao seu destino, então ele retornou para Osaka, onde passou os próximos dez anos como convidado no Kyōshin Meichi-ryū dojo do espadachim Momonoi Shunzo.

Sōkaku viveu uma vida um pouco itinerante, percorrendo a extensão e largura do país dando seminários em artes marciais para oficiais militares, policiais e entusiastas de artes marciais, muitas vezes de alto nível social. Ele deixou registros extensos daqueles que ele ensinou em seu eimeiroku e shareikoku – registros de comparecimento e pagamento.

Takeda da província de Wakasa era um ramo tributário do Takeda de Kai que foi estabelecido em Wakasa pelo Shôgun Ashikaga Yoshinori (1394-1441), a pedido de Nobukata Takeda que derrotou Yoshitsura Ishiki em 1540. Durante o Período Sengoku eles foram daimyô menores, eventualmente submetendo-se à autoridade de  Nobunaga Oda. Motoaki Takeda (d.1582) ficou do lado de Mitsuhide Akechi após, a destruição do Nobunaga Oda em 1582, na esperança de recuperar a terra que eles haviam desistido antes da ordem de Nobunaga. Motoaki foi depois morto pelas ordens de Hideyoshi Toyotomi. Os Wakasa Takeda eram mais conhecidos por atividades culturais.

Aikido de Morihei Ueshiba – Ramificação do KobutôDaitō-ryū Aiki-jūjutsu.

Etimologia e filosofia: “Aikido” escrito com “ki” em antigos caracteres
A palavra “aikidō” é formada por três ideogramas kanji:

合 — ai — unido, unificado, combinado, ajuste
気 — ki — espírito, energia, clima, ânimo, moral
道 — dō — sentido, trajecto, caminho

O termo “aiki” não é comummente empregue na língua japonesa. Isso originou inúmeras interpretações possíveis da palavra. O ideograma 合 é usado principalmente em compostos que significam “combinar, unir, juntar, reunir”.

Como por exemplo:

合同 (combinado/unido);

合成 (composição);

結合 (unir/combinar/juntar);

連合 (união/aliança/associação);

統合 (combinar/unificar);

合意 (acordo mútuo).

Existe uma idéia de reciprocidade, 知り合う (para se conhecer um ao outro); 話し合い (falar/discussão/negociação); e 待ち合わせる (conhecer por marcação/hora marcada).

O ideograma 気 é muitas vezes utilizado para expressar um sentimento, tal como em 気がする (“eu sinto”, em termos de pensamento, mas com um menor raciocínio cognitivo); 気持ち (sentimento/sensação); e 気分 (ânimo/moral). Fatores para designar energia ou força, como em 電気 (electricidade) e 磁気 (magnetismo).

O termo dō está também presente noutras artes marciais como no jūdō, kendō, assim como em artes marciais mais pacíficas como em shodō (caligrafia japonesa), kadō (arranjos florais) e chadō ou sadō (cerimónia do chá).

Portanto, a partir de um ponto de vista puramente linguístico, “aikidō” significa “o caminho de combinar forças”. O termo aiki refere-se ao princípio ou tática das artes marciais de desagregar movimentos atacantes, com o propósito de controlar as ações do oponente, utilizando o mínimo de força possível. Praticar o aiki, passa por compreender o ritmo e a intenção do atacante e encontrar a posição e o tempo ideais para aplicar a técnica contrária ao ataque.

O fundador do Aikido, Morihei Ueshiba, nasceu na cidade de Tanabe, no Japão. Ele começou a treinar para artes marciais em tenra idade, e começando a estudar várias artes marciais quando completou 19 anos. Ele então inventou sua própria arte marcial única baseada em suas experiências. Ele nomeou sua nova arte marcial “Aikido” em 1922, que ganhou popularidade nacional e internacionalmente. A cidade de Tanabe concedeu-lhe assim o status de cidadão honorário em 1969 para celebrar suas realizações.

“Aikido” é conhecido por sua técnica para derrotar os oponentes no instante do primeiro contato. No entanto, é diferente da maioria dos outros esportes ou artes marciais, na medida em que não se trata de derrotar o adversário pela força, nem da competição. Ueshiba sempre dizia: “O Aikido não é sobre derrotar o inimigo. É o modo de unir os seres humanos e guiar o mundo em direção à harmonia ”. Ele também afirmou que o Aikido é a arte marcial que se concentra no desenvolvimento do eu interior através do treinamento e melhoria um do outro. Em outras palavras, Ueshiba acreditava que “o Aikido é um guia para alcançar o destino de alguém. É o caminho para alcançar a harmonia e o amor. ”

Seus ideais se espalharam para além do Japão e se tornaram uma das mais importantes escolas de arte marcial do mundo. A estátua de bronze de Ueshiba também foi construída no Parque Ogigahama como um monumento para o evento de 1988. O túmulo da família Ueshiba, monumento e outros locais relacionados de Morihei Ueshiba  também foram preservados para celebrar suas realizações.

Estátua de Bronze de Morihei Ueshiba em um pequeno parque perto da Praia Ogigahama de Tanabe

Infância
Morihei Ueshiba nasceu em 14 de dezembro de 1883, em Nisihitani Village, condado de Nichimurou, prefeitura de Wakayama (atualmente conhecido como Motomachi, cidade de Tanabe). Ele era o filho mais velho entre um fazendeiro, Yoroku Ueshiba e de sua esposa Yuki. Depois de terminar o ensino fundamental, ele foi para a escola secundária Wakayama Daini Junjo. No entanto, ele abandonou o ensino médio depois de terminar seu primeiro ano. Em vez disso, ele entrou na Academia Yoshida Abacus para estudar o ábaco e se tornou um funcionário fiscal usando os conjuntos de habilidades que obteve lá.

No entanto, em 1901, novos atos de pesca foram estabelecidos e levaram a uma pesada tributação sobre os pescadores locais. Ueshiba deixou de lado seu dever e simpatizou com os pescadores e participou de greves com eles, o que eventualmente levou à sua renúncia. Como resultado, ele decidiu trabalhar em Tóquio e mudou-se quando completou dezoito anos.

O caminho para as artes marciais
Apesar de vivenciar dificuldades enquanto morava em Tóquio, Ueshiba estudou na Escola de Judô de Kitou e começou a treinar para a Escola Shinkage de Kendô. No entanto, ele teve que voltar para casa devido a suas condições de saúde. Depois de se recuperar em casa, ele se casou com sua amiga de infância Itogawa Hatsu. Então ele se juntou aos militares sobre a quarta divisão de Osaka, 37º Regimento.

Ueshiba participou da Guerra Russo-Japonesa em 1905. Ele foi então recomendado para ir para a academia militar devido ao seu excelente desempenho. No entanto, Ueshiba deixou o exército e voltou para casa para suceder seus negócios familiares. Enquanto cultivava e treinava em casa, ele conheceu a escola de Judô Kodokan o mestre Kiyoshi Takagi que visitou Tanabe naquele momento. Ueshiba então reformou parte de sua casa, transformou em um dojo para Takagi treiná-lo com os jovens locais. Enquanto isso, o governo Meiji declarou a política de fundir santuários locais. Com a ajuda do naturalista Kumagusu Minagata ((1867-1941) era um excêntrico porém genial pesquisador  e foi um pioneiro ambientalista). Ueshiba e a juventude local fizeram campanha contra a política, o que ajudou a conter os danos de muitos santuários históricos ao mínimo.

Estátua de Morihei Ueshiba, o fundador do Aikido no Santuário Aiki, Iwama, Prefeitura de Ibaraki, Japão

Assentamento em Hokkaido
Na primavera de 1910, Morihei Ueshiba descobriu sobre o recrutamento de novos assentamentos em Hokkaido. Ele reuniu voluntários de 54 famílias locais, que somam cerca de 80 pessoas. Ueshiba organizou os voluntários para formar o “Grupo Kishu”, e os levou a se estabelecerem na vila de Kamiyuubetsu (atual vila de Shirataki, condado de Monbetsu). O acordo demorou 2 anos devido às duras condições, mas acabou sucedendo. Morihei Ueshiba  foi assim chamado “Rei de Shirataki” dos aldeões. Mesmo em situações tão difíceis, a devoção de Morihei Ueshiba às artes marciais não diminuiu. Enquanto em Hokkaido, ele conheceu Sokaku Takeda, mestre do Daito-ryu Jujutsu em um hotel no condado de Engaru e o convidou para ir até a vila para um treinamento. Em 23 de maio de 1917, um enorme incêndio atingiu a vila de Kamiyuubetsu e destruiu quase toda a área assentada. Morihei Ueshiba e os aldeões colaboraram na reconstrução da aldeia.

Em 1918, Morihei Ueshiba tornou-se representante da aldeia. No entanto, ele recebeu um telégrafo sobre a doença crítica de seu pai e voltou para casa deixando sua posição e propriedade para trás.

Escola de Treinamento de Ueshiba em Ayabe – Kyoto. Na viagem de volta para casa, Morihei Ueshiba  ouviu dizer que há um lugar em Ayabe para rezar pela recuperação de alguém. Ele parou e conheceu o líder espiritual de Omoto-kyo, Onisaburo Deguchi (cujo nome dado ao nascer era Kisaburo Ueda, foi um religioso japonês. Cofundador da Oomoto. Nasceu em 1871, em Anao-ji, próximo a Kameoka, província de Kyoto), que o ensinou sobre seu modo de vida. Infelizmente, quando Ueshiba chegou em Tanabe, seu pai já havia falecido.

Em 1920, Ueshiba mudou sua família para Ayabe, Kyoto. Ele continuou treinando com seu corpo e mente e fundou a “Escola Ueshiba”. Ele treinou com seus seguidores sob a idéia fundamental da Escola Ueshiba, que combina arte marcial e agricultura. É também quando o Aiki-bujutsu, a arte marcial que une o coração, o corpo e a energia espiritual, assume lentamente sua forma atual.

De acordo com as informações sobre a biografica Morihei Ueshiba,  dizem que o Grande Mestre era muito fraco na infância, seu pai o incentivou a fazer natação e artes marciais para se fortalecer. Passou por um grande número de artes marciais, inclusive por um bom número de desafios em todo o Japão, principalmente no tempo em que servia o exército. Utilizava principalmente o Sumô e alguns estilos de jujutsu,  até então nunca tinha perdido uma luta até cruzar seu caminho com Sokaku Takeda, mestre e Soke de Aikijujutsu do estilo Daito-Ryu. Ueshiba treinou com Takeda exaustivamente, chegando a ser um de seus alunos mais próximos.

Na composição de sua arte marcial, o mestre aprimorou as técnicas dos ensinamentos de Sokaku Takeda, o estilo Daito-Ryu de Aiki-jiu-jitsu, que treinou de 1915 a 1937, tendo, inclusive recebida a licença (kyoju dairi) do mestre para ensinar o sistema, em 1922. Tendo também sido agraciado com a espada Shinden Kashima (Jikishinkage-ryū muitas vezes referida simplesmente como Jikishinkage-ryu ou Kashima Shinden, é uma escola tradicional (koryū) da arte marcial japonesa), mestre Ueshiba tornou-se então um representante do Daito-ryu, pelo que excursionava com Takeda, como assistente de ensino do sistema e aos outros sobre o nome de Daito-ryu.

A ascensão do Aikido – O almirante Isamu Takeshita (Isamu Takeshita era um almirante da Marinha Imperial Japonesa. Ele também era um diplomata cujas realizações incluíam ajudar com a retirada dos russos-japoneses),  convidou Ueshiba e seus alunos para demonstrar Aiki Bujutsu em Tóquio. Seu desempenho afetou até mesmo os membros da Agência da Casa Imperial, o que levou a uma palestra especial que durou 21 dias. Após o grande sucesso da apresentação, Morihei Ueshiba recebeu muitos convites de celebridades e oficiais da marinha para mais apresentações. Como resultado, Morihei Ueshiba decidiu mudar sua família para Tóquio em 1927 e estabelecer um dôjo temporário em seu nova moradia.

Enquanto ensinava Aikido, ele também trabalhou como instrutor de artes marciais no Marine College, espalhando o ideal do Aiki bujutsu. Devido à crescente popularidade, Morihei Ueshida começou a construir seu próprio dôjo. Ao mesmo tempo, ele abriu outro dojo temporário em Shimo Ochiai, Mejiro. Quando Jigoro Kano, o fundador do Judô Koudoukan, visitou este dôjo, viu o treinamento equilibrado da mente, o corpo e a energia espiritual do Aikido realmente o impressionaram. Ele então enviou seus próprios alunos para o dõjo de Ueshiba para treinamento no Aikido também.

Em abril de 1931, o primeiro dôjo oficial localizado na cidade de Ushigome Wakamatsu (atualmente conhecida como cidade de Wakamatsu, Shinjuku Ward), Kobukan (atualmente conhecido como Aikikai Hombu Dôjo), finalmente foi inaugurado. Foi chamado de “Hellish Dojo” de Ushigome, que abrigava muitos dos principais alunos particulares de Ueshiba. Após Kobukan, ele construiu muitos outros dôjos em Tóquio e Osaka, e mudou o nome “Aiki bujutsu” para “Aiki Budo”. Em 30 de abril de 1940, o Ministério da Saúde e Bem-Estar licenciava o Aikido sob o nome da “Fundação Kobukai”. Em 1942, “Aiki Budo” teve sua última mudança de nome e finalmente se tornou “Aikido” como é conhecido hoje.

Agricultura e artes marciais – Para alcançar o ideal de que a arte marcial e a agricultura compartilham as mesmas raízes, Ueshiba mudou-se para a cidade de Iwama, prefeitura de Ibaraki. Ao recuperar a floresta em terras agrícolas, ele passou dois anos a partir de 1943 para construir o Shrine  Aiki (

O Iwama Dōjō é um dōjō construído pelo fundador do Aikido, Morihei Ueshiba, que viveu lá de 1942 até sua morte em 1969. Ele está localizado na antiga cidade de Iwama e se tornou um importante local histórico para o desenvolvimento do aikido é “uma Meca para a comunidade do aikido. ” Esse dôjo também é onde Saito Morihiro, um dos alunos mais próximos do fundador, aprendeu e ensinou Aikido de 1946 a 2002, desenvolvendo o que é frequentemente chamado de Estilo Iwama. O dôjo de Iwama foi significativamente danificado no terremoto de 2011. O Santuário Aiki e outros dôjos na antiga cidade de Iwama também foram afetados pelo desastre) e o campo de treinamento Aiki. Isso se tornou a nova fortaleza do Aikido após a Segunda Guerra Mundial. Em 1948, o Ministério da Educação certificou a “Fundação Aikikai”.

Depois de dominar o caminho do Aikido na cidade de Iwama, Morihei Ueshiba mais uma vez começou a promover as artes marciais em 1950. Na década de 70, suas técnicas eram tão maduras e bem elaboradas que demonstravam perfeitamente o ideal ou a harmonia. Em 1956, Ueshiba convidou embaixadores e ministros de todo o mundo para sua demonstração, que também foi a primeira após a Segunda Guerra Mundial. A Nippon Television Network Corporation, produziu o show “O Trono do Aikido” em 1960. Ueshiba recebeu a Medalha Shiju por suas conquistas. Além disso, ele também recebeu em 1964 uma pequena medalha Kyokujitsu.

Últimos dias de Morihei Ueshiba – Em 1969, ele foi premiado como cidadão honorário da cidade de Tanabe, Wakayama e cidadão honorário da cidade de Iwama. Ele faleceu em 26 de abril do mesmo ano, aos 86 anos. Ele então recebeu medalha Seigoi Gunsantou Zuiho (Ordens do Tesouro Sagrado) como seu prêmio final. Em 2 de maio, Tóquio, Iwama Town e Tanabe City realizaram um serviço memorial para ele. Seus restos mortais foram enterrados no Templo Kozan-ji, cidade de Tanabe, que os seguidores do Aikido de todo o mundo vêm visitar até hoje.

Referência – textos e fotos:

Comentário inicial sobre a pesquisa por Kellen B. Gomes.

Relato histórico da cidade de Tanade – http://www.tb-kumano.jp/en/aikido/ueshiba-morihei/

1901 and 1905 he published works where he was active in this position: 1) Leavenworth, Charles S.: The Arrow War with China. Publisher S. Low, Marston & Co., London 1901. 2) Leavenworth, Charles S.: The Loochoo Islands. North-China Herald Office, Shanghai 1905. The university was established in 1896 and is the precursor of today’s Shanghai Jiaotong University. See, Reed, Christopher A.: Gutenberg in Shanghai: Chinese Print Capitalism, 1876-1937. University of Hawaii Press, 2011, page 176.

2 Leavenworth 1950: 93.

3 Leavenworth 1950: 43.

4 See, for instance, Kreiner 2001: 3; Sakihara 1987: 51 – 52; Matsuda 2001: 17; Itō 2008: 93; Tsūkō-ichiran, Vol. 2: Ryūkyū-kunibu 1. 平均始末 Heikin Shimatsu.

5 Leavenworth, Charles S.: The lessons of history. New Haven, Printed under direction of Yale University Press, 1924.

6 1940 United States Federal Census for Charles S. Leavenworth. Connecticut New Haven Hamden 5-52. NAME: Charles S Leavenworth. BIRTH: about 1880 in Connecticut. RESIDENCE: 1935 -, Hamden, New Haven, Connecticut. http://interactive.ancestry.com/2442/m-t0627-00515-00791/127934591?backurl=&ssrc=&backlabel=Return, retrieved 2016-03-22.

7 The 1940 census gives his occupation code as V06VV2. See http://www.archives.gov/research/census/1940/occupational-codes.pdf, retrieved 2016-03-22.

8 https://www.census.gov/1940census/pdf/infographic1_text_version.pdf

9 From: Okinawa Times, 31 January, 1926. Collection of Shinji Miyagi, Okinawa Prefectural Library. Translation by Naoki Motobu and Peter M. Kobos. See, http://www.motobu-ryu.org/library/karate-research-club, retrieved 2016-03-22.

10 Taminato Asana: Jahana Noboru Nenfu Sōko. Historiographical Institute, Okinawa Prefectural Board of Education. 1976-03-31, page 102. 田港朝和:謝花昇年譜草稿. 沖縄史料編集所紀要(1). See, http://okinawa-repo.lib.u-ryukyu.ac.jp:8080/bitstream/okinawa/7622/1/No1p101.pdf, retrieved 2016-03-22.

11 See, for example, the English translation by by Patrick & Yuriko McCarthy, see, http://irkrs.blogspot.de/2013/08/the-1936-meeting-of-okinawan-karate.html, retrieved 2016-03-22.

12 According to Motobu Naoki Sensei, Uehara Sensei referred to him as Ōshiro Mujin 大城無尽, which is a nickname. Mujin is a rotating savings and credit association. This was the name of Ōshiro’s company. See also, http://ameblo.jp/naga-f11/entry-11762968420.html, retrieved 2016-03-22.

13 Naha City Museum of History. See, http://www.rekishi-archive.city.naha.okinawa.jp/archives/item3/37395, retrieved 2016-03-22.

14 For thes kata, see Tōyama 1963. 236 – 44.

15 Kinjō 2011: 222.

16 Yokoyama 1914.

17 Kerr 1958: 361. It is disputed whether it was Shigeru or his older brother Kizaemon.

18 Nakahara 1956 (I): 583-584.

19 Leavenworth 1905: 58-59. Leavenworth met Governor Narahara 1904.

https://alchetron.com/Mitsunari-Kanai-798768-W

http://aikidojournal.com/morihei-ueshiba-the-founders-course/

http://www.circulodeaikido.com.br/historia.aspx

http://www.aikidoconnection.com/historyofaikido.html

https://pt.wikipedia.org/wiki/Morihei_Ueshiba

http://aikidojournal.com/morihei-ueshiba-the-founders-course/

http://www.naikandojo.com.br/aikido.htmlhttp://www.aikidosangenkai.org/blog/drinking-wine-osensei/

Kawai Sensei – 8º Dan -Introdutor do Aikido no Brasil