Na cidade de Belo Horizonte, capital do Estado de Minas Gerais, nascia no dia 30 de julho de 2003.  Durante suas aulas de educação física na escola estadual professor Agnelo Correia Viana, nascia um novo esporte, chamado de Sorvebol.

Desenvolvimento do Sorvebol

Em uma de suas aulas, o professor Cláudio recolhia os materiais de educação física, tinha em sua mão, um cone esportivo e pediu para seu aluno devolver a bola próxima a ele. Nesta devolução, encaixou a bola no cone invertido. Foi o princípio da idéia do Sorvebol,  decidido fazer algo diferente para deixar suas aulas mais atrativas.

 

Utilizou-se: de um cone esportivo e uma bola de iniciação esportiva, uma rede e quadra de vôlei e definindo regras.

 

 

No princípio o objetivo do jogo era fazer a bola cair no campo adversário. Com passar do tempo, foram estudadas e desenvolvidas às regras e os materiais oficiais da modalidade.

Por que Sorvebol?: A bola com o cone, davam um formato de uma casquinha de sorvete, por isso, a modalidade foi batizada por SORVEBOL. declara o prof. Agnelo Correia Viana.

Sorvebol – Nas Escolas.

Sua prática foi implantada nas escolas municipais da capital mineira em 2006. Como cumprimento dos horários de Programas como: Segundo Tempo, Escola Integrada e em aulas de educação física, com a criação de torneios internos e regionais. A prática logo ganhava adeptos, seu crescimento foi um sucesso entre crianças, adolescentes e adultos que aderiram o pelo esporte.

Registro da Modalidade

A Federação Internacional de Sorvebol desde 22/11/2017 é responsável por regulamentar o esporte, filiação dos atletas e organização dos eventos.

Fotos e informações – (FIS)